Oportunidades de bolsas no IFGWConsulte as oportunidades de bolsas de projetos dos docentes do IFGW

Extensão

Eventos - Home

Oficinas de Física - Home

Extensão

Atividades de extensão são aquelas que ultrapassam o âmbito específico de atuação do Instituto no que se refere a ensino (graduação e pós-graduação) e pesquisa, tais como as Oficinas de Física, o Projeto Escola de Ciências, os Cursos de Extensão do IF oferecidos através da Extecamp - Escola de Extensão da Unicamp, atividades multidisciplinares, prestação de serviços à comunidade, celebração de contratos e convênios com empresas, e outros.

A administração dessas atividades é realizada pela Coordenadoria de Extensão e pela Comissão de Extensão do IFGW.

O IFGW realiza diversas atividades de Extensão junto à comunidade externa. As principais são:

Laboratório de Instrumentação para o Ensino de Física (LIEF) - aberto para auxiliar didaticamente professores do segundo grau e divulgar a física para quem tiver interesse.

Escola de Inverno - tem como objetivo preparar estudantes para o curso de pós-graduação e oferecer-lhes a oportunidade de conhecer alguns conceitos básicos nas áreas de Física pesquisadas no IFGW.

Escola Avançada de Física - visa a divulgação do Método Científico para os estudantes do Ensino Médio. É feita de forma unificada com a Física nas Férias (FIFE), evento do Capítulo dos Estudantes da Unicamp da Optical Society of America (OSA-SCU).

Oficinas de Física - têm o objetivo de divulgar informações multidisciplinares sobre ciência, através de palestras dinâmicas e demonstrações sobre temas selecionados envolvendo as pesquisas atuais em Física.

Veja também:

- Universidade de Portas Abertas (UPA)

O que é Extensão Universitária

Atividades de extensão são aquelas que ultrapassam o âmbito específico de atuação do Instituto no que se refere ao Ensino (Graduação e Pós-Graduação) e Pesquisa. No IFGW, são exemplos de atividades de extensão as Oficinas de Física, o Projeto Escola de Ciências, os Cursos de Extensão do IF oferecidos através da Extecamp - Escola de Extensão da Unicamp, atividades multidisciplinares, prestação de serviços à comunidade, celebração de contratos e convênios com empresas e outros.

A Extensão é uma das funções sociais da Universidade, realizada por meio de um conjunto de ações dirigidas à sociedade, as quais devem estar indissociavelmente vinculadas ao Ensino e à Pesquisa. Num âmbito geral, sua finalidade é a promoção e o desenvolvimento do bem-estar físico, espiritual e social, a promoção e a garantia dos valores democráticos de igualdade de direitos e de participação, o respeito à pessoa e à sustentabilidade das intervenções no ambiente.

A administração dessas atividades no Instituto de Física da Unicamp é realizada pela Coordenadoria de Extensão e pela Comissão de Extensão do IFGW. No nível da Unicamp, está sob a responsablidade da Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários (Preac)

Por que a Extensão é importante

As universidades públicas brasileiras existem para atender às necessidades do país e de sua população. Distribuídas por todo o território nacional, em toda a sua existência sempre estiveram associadas ao desenvolvimento econômico, social, cultural e político da nação.

A par de constituírem-se em espaços privilegiados para a produção, a acumulação e a disseminação de conhecimentos e para a formação e a capacitação de profissionais cidadãos bem qualificados, possuem um enorme potencial para a elaboração de políticas públicas, que tenham a cidadania e o cidadão como as suas principais referências na solução dos problemas nacionais, principalmente nas áreas da Saúde, da Economia e da Educação.

As Instituições de Ensino Superior, por meio das Pró-Reitorias de Extensão, devem atuar na democratização do conhecimento e, ao mesmo tempo, respeitar e utilizar os saberes populares locais na construção de um novo e mais amplo conhecimento a ser desenvolvido, levando-se em conta as especificidades de cada comunidade em que atuam.

Como resultado concreto de sua atuação, espera-se a valorização de seus próprios programas de extensão ou de programas interinstitucionais, realizados sob a forma de consórcios, redes ou parcerias com secretarias dos governos federal, estaduais, municipais ou com ONGs.

Além da sua importância como geradora de políticas públicas, a Extensão Universitária deve servir como instrumento de inserção social, aproximando a academia das comunidades adjacentes.

Assim, a Extensão na Unicamp, e do IFGW em particular, tem procurado seguir as tendências e diretrizes do Plano Nacional de Extensão, tendo como objetivo principal facilitar o contato de professores, funcionários e alunos com as demandas da sociedade, através de cursos, eventos, projetos de ação solidária, difusão dos resultados dos projetos de pesquisa, constituição de disciplinas práticas e estágios, em um processo no qual a universidade opera em conjunto com as comunidades, buscando a superação de problemas e a realização de suas aspirações. Ao mesmo tempo, alunos, professores e funcionários promovem a disseminação do conhecimento gerado na Universidade e trazem novas demandas.

A Extensão na Unicamp é realizada desde o início da Universidade, a partir de 1967, antecedendo-se à primeira lei federal que integrou a Extensão na política educacional brasileira (a Reforma Universitária de 1968). Em 1986, a integração da Extensão na estrutura da Unicamp foi consolidada com a criação da Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários (Preac).

Fonte: Esta página foi escrita a partir dos textos definidores de Extensão nas páginas da Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários (Preac) e do Fórum Permanente de Extensão Universitária.

  • Todos(as)
  • Doutorado
  • Doutorado Direto
  • Mestrado
  • Pos Doutorado