IFGW faz primeira reunião de apresentação de identidade visual

Logotipo do Instituto será repaginado; novos elementos gráficos irão compor o visual de redes sociais, documentos e apresentações

 

O IFGW vai ganhar uma identidade visual. Uma primeira proposta do trabalho que vem sendo desenvolvido pela Visualli, empresa contratada para o design da identidade visual do Instituto, foi apresentada pela coordenadora técnica do IFGW, Cibele Fortuna, em reunião dia 29 de julho, via Zoom. Participaram da reunião a diretora Mônica Alonso Cotta, o diretor associado Marcos César de Oliveira, e chefias de departamentos e setores do IFGW. O objetivo foi um primeiro encontro de feedback.

“Temos um logotipo com mais de 20 anos e que já precisa de repaginação. Mas a questão da identidade visual é mais que isso, é um conjunto harmonioso de itens que promovem a identificação”, observa a profa. Mônica Cotta. “Hoje, o logo é usado por todos os setores, mas, em relação aos demais elementos gráficos, a Pós-Graduação faz de um jeito, a Graduação de outro, a Extensão faz de outro, os departamentos também. A intenção é que todos utilizem os mesmos elementos gráficos que remetam ao Instituto, à ideia de comunidade”, explica a diretora. Assim que o material estiver pronto, a implantação será aos poucos, conforme Mônica. “Vamos repaginar nossas mídias, redes sociais e, até o ano que vem, deveremos estar com os novos elementos incorporados ao nosso dia a dia”, informa.

O objetivo é que os novos elementos sejam utilizados por todo o Instituto em banners e demais materiais gráficos, documentos, templates de sites, redes sociais e apresentações, tanto para o público interno quanto para o externo. “É uma compilação de elementos que irão fazer com que o Instituto seja notado”, destaca a coordenadora Cibele Fortuna.

A coordenadora observou que o IFGW tem, como diferencial dos demais institutos de física do país, o nome “Gleb Wataghin”, em homenagem ao pesquisador que é considerado o pai da física no Brasil. “Isso é considerado um ponto forte”, observou ela, ao comentar as características do novo logotipo.

Arquétipos

O conjunto de aspectos visuais formado por elementos gráficos, cores, tipografia e formas é o que traduz a identidade visual de uma marca, contribuindo para que ela seja lembrada pelo público. Mas não se trata apenas da questão estética: a identidade visual tem o poder de transmitir personalidade, valores e posicionamento da marca, conquistando visibilidade pública.

Na idealização do que uma marca quer transmitir, como sua personalidade, valores e visão de mundo, o designer se baseia em arquétipos, que a “humanizam”. “No caso do IFGW, os arquétipos que vão definir essa personalidade serão o “Mago” e o “Sábio”. O arquétipo do Mago é utilizado por marcas como Apple, Disney e Heineken. O Sábio está por trás de marcas como a BBC, Google e TED”, detalha Cibele.